1.6.08

Odisseia Terrestre

Ora então Grafis vamos lá começar; foi o desafio ao qual gostei mais de responder

Onde nascemos;onde,quando,como fomos criados e crescemos

E a odisseia começa em 1974, em Lisboa







Depois fui para aqui e aqui vivi...muitos e muitos anos





Aqui tive uma das experiências de vida mais enriquecedoras de sempre...
Aqui estive com crianças que nunca tinham visto o Mar, não sabiam comer com talheres,não sabiam o que era uma casa de banho e muitas já se tinham esquecido de que ser-se criança é ser-se especial...
Aqui cresci em silêncio...



Colónia Balnear " O Século "

Foi então que me mudei... quando percebi o sentido verdadeiro da palavra Amar



E com isso percebi que a vida é tudo menos simétrica...


Pedro Calapez

Durante muito tempo vivi aqui...
Aqui cresci muito... e daqui guardo o sabor da palavra Saudade...





Também já andei por aqui, onde trabalhei no Ensino Especial




Agora estou longe, estou aqui, infelizmente... são os ossos do ofício


Quem somos?

Sou livre de ser quem quero ser...




Não sei viver sem Arte...




Onde me sinto em casa...




Não gosto de segredos, só me dou bem com a verdade...




O que verdadeiramente me emociona...




O que me faz contemplar a complexidade Humana...


Oscar Niemeyer

Sou...



A que vive na eterna procura das respostas, a que tem sede de saber, de estar, de sentir e de partilhar...


Quem serei?




eu mesma, alguém que quer continuar a ser grande, e desejando que o sonho se extenda para além da linha do horizonte...

3 comentários :

GRAFIS disse...

BRAVO!
74. O ano da grande revolução que nos trouxe a liberdade que agora tanto te define.
Tb gosto mt de Pedro Capapez e do mar. Acho que toda a gente gosta de mar.
Tens umas fotos de mar fantásticas e viver na Madeira não deve ser assim tão mau... :)
Obrigada por responderes.
Bjs

RV disse...

acredita q viver não é mau, é péssimo!

bjs

RV disse...

desculpa , referia-me a viver aqui na ilha, claro...

qt ás fotos do mar, eu dou te uma ajuda, são todas do Guincho, q p mim é das prais portuguesas mais bonitas e q pertence ao concelho onde realmente vivi mais tempo.